Um dos destinos mais procurados pelos brasileiros é Orlando. Na verdade, habitualmente programamos nossa viagem “para a Disney”, já que os seus parques são a principal atração da cidade. O problema é que, quando você começa a pesquisar, descobre que existem inúmeros detalhes envolvidos desde o processo de compra dos ingressos ao planejamento de roteiro, que podem ser bem complexos. E agora, como organizar essa viagem?

Em primeiro lugar, é importante alinhar os desejos da turma com as principais atrações, até mesmo para que se possa prever os gastos, pois certamente as maiores despesas serão as relacionadas aos ingressos dos parques. Afinal, só a Disney possui 4 parques principais e 2 aquáticos. Além desses, temos 3 parques na Universal (um aquático), 3 no Seaworld (2 aquáticos) e, apenas para ficar nos principais, Busch Gardens e, se os seus filhos ou netos curtem, vale muito uma visita ao Legoland. Além desses, ainda temos o Kennedy Space Center e, atração imperdível, os cruzeiros da Disney, a partir de 3 dias, que saem da costa leste da Flórida.

Nem todo mundo tem 3 semanas para conhecer tudo isso, e além disso essa aventura pode sair bem cara. Daí que o ideal é começar definindo quantos dias de férias estariam realmente disponíveis e quanto estariam dispostos a gastar. Depois disso, pesquisem sobre os parques, avaliem em família quais seriam os essenciais e calculem se vai tudo caber no orçamento. Eu sempre recomendo que os 4 parques da Disney e os 2 da Universal sejam prioridade. Só aí, vocês já podem contar com uma semana de viagem, pois o recomendado é que dediquem um dia inteiro para cada parque. Se a época é quente, podem acrescentar o Volcano Bay, parque aquático novinho da Universal e um dos parques do Seaworld, Aquatica ou Discovery Cove, onde a principal atração é o nado com golfinhos. Para os apaixonados por montanhas russas, Busch Gardens, que fica em Tampa, há pouco mais de uma hora de Orlando, é fundamental. A verba e a disponibilidade de tempo estão tranquilas? Combinar Orlando com o Disney Cruise é uma ótima opção. O nível de detalhes envolvidos no cruzeiro pelo Caribe é surpreendente, tudo com o mais alto padrão Disney. Personagens, restaurantes e shows temáticos, e até uma parada numa ilha privada da Disney fazem a experiência ser inesquecível!

Definida a programação, é pensar em hospedagem e alugar um carro, pois as distâncias são longas e o transporte público bem deficiente. Além disso, os valores em Orlando são bem inferiores aos normalmente encontrados em outras cidades do país. Na hospedagem, várias pegadinhas: hotéis da Disney e da Universal oferecem vários benefícios que podem deixar as visitas aos parques bem mais confortáveis, especialmente usando os fura-filas das principais atrações. As mais concorridas podem te deixar mais de 3 horas aguardando, se você não se planejar adequadamente. Encontros com personagens, durante refeições, também devem ser agendados. Você também pode ficar em hotéis fora dos complexos, que costumam ser mais baratos ou alugar uma casa para ter um espaço só seu, com muito conforto e privacidade.
Como tudo muda o tempo todo, eu procuro visitar a cidade com muita frequência, para poder orientar meus clientes e organizar os roteiros com dicas sempre atuais. Os parques estão sempre lançando novas atrações e Orlando cresce a cada dia. A Kind sempre estará disponível para tirar todas as suas dúvidas para que sua maior preocupação seja ver o Mickey e se divertir muito! Abraços!

Autor: Claudio Pacheco
Claudio Pacheco é sócio-diretor da Kind Tours, agência carioca especializada na criação de roteiros personalizados. A Kind presta todos os serviços turísticos, tais como pesquisa e monitoramento de tarifas aéreas, emissões nacionais e internacionais, curadoria de hotéis e restaurantes, aluguel de automóveis, venda de ingressos, assistência viagem e montagem de grupos temáticos enogastronômicos e esportivos. Atualmente é também a agência exclusiva da Sociedade de Reumatologia do Rio de Janeiro. Contatos: telefone e what’s App.: (21) 99977-5188 ou e-mail: claudio@kindtours.com.br.