REGRAS PARA A LIBERAÇÃO DO FUNDO DE APOIO CIENTÍFICO

O Fundo de Apoio Científico (FAC) foi criado em 26 de julho de 2006, e tem como objetivo principal estimular o desenvolvimento da Reumatologia em todo o nosso estado. Deste modo, a diretoria da SRRJ estabeleceu algumas regras para a liberação de verba, seja para sócios individuais, seja para serviços de Reumatologia associados à ela.

  1. Só estará apto a receber financiamento do FAC o sócio que estiver quite com a SRRJ por, pelo menos, 2 (dois anos) consecutivos;
  2. A solicitação para financiamento poderá ser feita individual ou coletivamente (no caso dos serviços associados), através de projetos, que poderão ser submetidos em fluxo contínuo à SRRJ;
  3. A avaliação dos projetos será feita elo conselho consultivo, composto por sete membros, sendo cinco titulares e dois suplentes. Serão avaliados todos os trabalhos enviados até 30 (trinta) dias antes da reunião do Conselho Consultivo;
  4. O conselho consultivo se reunirá duas vezes por ano, nos meses de abril e outubro, para julgamento dos projetos apresentados;
  5. A liberação mensal não poderá ultrapassar 1% do montante em caixa. Em caso de projetos concorrentes que ultrapassem este limite, os projetos serão atendidos por ordem de inscrição;
  6. A SSRJ se compromete a arcar com despesas como revisão editorial para língua inglesa, suporte epidemiológico e estatístico para aqueles projetos já aprovados pelo Conselho Consultivo;
  7. Para projetos de pesquisa aprovados, o valor liberado não deverá ultrapassar a quantia de 100 (cem) salários mínimos nacionais. O requerente deverá fazer relatórios semestrais de prestação de contas do andamento de seu projeto, que deverão ser apresentados durante as reuniões do Conselho Consultivo.
  8. Para a publicação de artigos científicos inéditos, o primeiro autor de cada trabalho receberá, após aceitação do mesmo, valores abaixo relacionados, de acordo com o veículo onde será publicado:
    • a. R$ 2000,00 para publicações indexadas no Medline;
    • b. R$ 1000,00 para publicações indexadas no Scielo/Lilacs;
    • c. R$ 500,00 para publicações no boletim da SRRJ;
    • d. Não serão aceitas cartas ao editor;
    • e. O trabalho aceito em publicações com dupla indexação, receberá apenas um valor, referente à maior indexação; e
    • f. As publicações deverão citar, obrigatoriamente, o financiamento feito pelo FAC.
  9. Para bolsas de auxílio de custo para estágios de atualização científica, o solicitante receberá:
    • a. R$ 1000,00 por mês, com duração máxima de 6 (seis) meses, desde que o projeto esteja acompanhado de carta-aceite do serviço onde se realizará o estágio, além de sua devida documentação necessária;
    • b. R$ 3000,00 para o serviço de Reumatologia indicado pela SRRJ, que realizar programas de preceptoria aceitos pelo Conselho Consultivo, com carga horária maior ou igual a 30 horas, replicas relogios com máximo de 5 (cinco) alunos e 1 (um) curso por semestre. Cada aluno inscrito receberá auxílio de custo de R$ 1000,00, após comprovação do cumprimento de sua carga horaria.
  10. Para compra de insumos ou materiais necessários para o melhor funcionamento de cada serviço, os projetos apresentados serão avaliados pelo Conselho Consultivo e deverão respeitar o ítem 5, acima descrito.

Rio de Janeiro, 16 de novembro de 2011